30 de set de 2009

Daqui 5 anos!?

PessoAll, tudo bem?

Hoje conversando com o Ricardo Nilsen e com o pessoal da equipe de segurança surgiu uma ideia sobre qual será a melhor área para se trabalhar daqui 5 anos?

R&S com estória da linha da NEXUS?

Security?? Voz?? enfim... Hoje, qual a certificação que vai tirar? Claro pessoal, vamos responder sem fugir da tematica, a ideia é conseguir criar uma linha onde o destino final é daqui 5 ano e é claro sempre com argumentos!

Espero comentários, isto será muito útil para nossos leitores, amigos e afins (vai saber)!!

Abraços

Have FUN!

Danilo Rafael Elvedosa

Microsoft e Associação de Pós-graduandos do ITA criam primeiro laboratório de segurança de software do Brasil

E ae pessoAll, tudo tranquilo? Bem aproveitando o último post do Sr. Ricardo Nilsen, a Microsoft em mais uma iniciativa dentro de sua política de "Computação e Navegação Confiáveis", a Microsoft estabelece, em parceria com a Associação de Pós-graduandos do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), o primeiro laboratório de segurança de software do Brasil.

O projeto, formado por três alunos de pós graduação e dois professores dedicados ao teste de programas, tem como objetivo o desenvolvimento de ações conjuntas em prol de soluções práticas e da conscientização sobre o tema segurança da informação entre usuários corporativos e domésticos.

"Esse projeto em parceria garantirá um aval confiável aos produtos da Microsoft", afirma Marinês Gomes, gerente de segurança da Microsoft. "É uma grande satisfação para a Microsoft poder contar com uma validação acadêmica deste nível para os seus produtos", celebra a executiva.

Inicialmente, os especialistas do Security Lab realizarão testes de segurança com o Internet Explorer 8, que já teve a sua superior segurança comprovada em um estudo da NSS Labs apresentado em agosto. Segundo a análise, que avaliou o comportamento dos principais browsers utilizados atualmente em relação ao bloqueio de sites que contenham malwares, o IE8 mostrou-se o mais seguro, com índice de retenção de 81%.

A proposta da Microsoft e da Associação de Pós Graduandos do ITA é evoluir os testes a produtos de cloud computing.

Abraços!

Danilo Rafael Elvedosa

29 de set de 2009

Antvírus Microsoft

A Microsoft lançou hoje seu antivírus gratuíto para estações de trabalho que utilizam os Sistemas Operacionais Windows XP, Windows Vista ou Windows 7.

O nome do produto é Microsoft Security Essential.

Esse software faz parte de uma nova estratégia Microsoft de entrar de cabeça no ramo da Segurança, e promete combater virus, spywares e outros softwares maliciosos.

Segundo a fabricante, o Security Essentials funciona apenas em máquinas com Windows original. O software foi projetado para rodar em segundo plano e, diz a Microsoft, alerta o usuário apenas quando é preciso tomar uma ação.

O produto tem proteção em tempo real graças à tecnologia Dynamic Signature Service, que atualiza as definições de vírus automaticamente.


O antivírus da Microsoft também foi projetado para rodar em computadores mais antigos, já que consegue limitar o uso de CPU e memória pelo próprio aplicativo.



Pra quem está interessado basta baixar no link: www.microsoft.com/security_essentials

Eu já estou testando, pelo menos pareceu ser bem "leve" , só falta testar a eficiência.

Abraço a todos.

27 de set de 2009

Tutorial TCP/IP


PessoALL,

A dica de hoje é um tutorial de TCP/IP publicado pelo conhecido escritor Julio Battisti, o MVP detentor de trocentas Certificações Microsoft e que disponibiliza uma série de tutoriais gratuitos em seu site.

Nas 48 sessões abertas aopúblico, há uma série de informações sobre como configurar os serviços da pilha de Protocolos TCP/IP em ambiente Windows.

Vale a pena conferir:


http://www.juliobattisti.com.br/artigos/windows/tcpip_p1.asp


Abs,

25 de set de 2009

Grid de computação brasileiro começa a funcionar hoje !

Entra em operação hoje a maior rede de computadores de alto desempenho na América Latina, interligando sete campi universitários.
A capacidade teórica de processamento é de 33,3 trilhões de cálculos por segundo.

O Programa de Integração da Capacidade Computacional da Universidade Estadual Paulista (Unesp), mais conhecido como GridUnesp, será inaugurado e começará a funcionar nesta sexta-feira (25/9)."

[...]
"As unidades da Unesp em Bauru, Botucatu, Ilha Solteira, São José do Rio Preto e Rio Claro estão sendo conectadas a Araraquara com velocidade de 1 gigabit por segundo, sendo o tráfego agregado transmitido até o data center do Núcleo de Computação Científica da
Unesp e ao enlace internacional a 10 gigabits por segundo."
[...]

Referência:
http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=grid-computacao-brasileiro-comeca-funcionar-hoje&id=010175090925

Momento Descontração: Moral da História !

Artigo de alto nível e surpreendente desfecho!

A bitola das ferrovias (distância entre os dois trilhos) nos Estados Unidos é de 4 pés e 8,5 polegadas.

Por que esse número foi utilizado?
Porque era esta a bitola das ferrovias inglesas e como as americanas foram construídas pelos ingleses, esta foi a medida utilizada..

Por que os ingleses usavam esta medida?
Porque as empresas inglesas que construíam os vagões eram as mesmas que construíam as carroças antes das ferrovias e se utilizavam dos mesmos ferramentais das carroças.

Por que das medidas (4 pés e 8,5 polegadas) para as carroças?
Porque a distância entre as rodas das carroças deveria servir para as estradas antigas da Europa, que tinham esta medida.

E por que tinham esta medida?
Porque essas estradas foram abertas pelo antigo império romano, quando de suas conquistas, e tinham as medidas baseadas nas antigas bigas romanas. Uma biga é um veículo de duas rodas, movido por dois cavalos.

E por que as medidas das bigas foram definidas assim?
Porque foram feitas para acomodar dois traseiros de cavalos!

E finalmente:

O ônibus espacial americano, o SpaceShuttle, utiliza dois tanques de combustível sólido (SRB - Solid Rocket Booster) que são fabricados pela Thiokol, em Utah.
Os engenheiros que os projetaram queriam fazê-los mais largos, porém tinham a limitação dos túneis das ferrovias por onde eles seriam transportados, os quais tinham suas medidas baseadas na bitola da linha.

Conclusão: O exemplo mais avançado da engenharia mundial em design e tecnologia acaba sendo afetado pelo tamanho da bunda do cavalo da Roma antiga...

MORAL DA HISTÓRIA:
Ainda que você trabalhe com alta tecnologia, pode ser que sua empresa tenha o caminho definido por bundões.

Quer Aprender manutenção de Computadores ?

Game ensina macetes da profissão. Aprenda brincando!

Quer virar um bom técnico de computadores? Então se liga nesse joguinho. O objetivo dele é ensinar sobre manutenção de PCs de uma forma bem divertida e didática. O game é um simulador de erros no computador e você precisa descobrir como consertar o problema. Quanto mais rápido o defeito for identificado, mais pontos você ganha.

Quer um exemplo? O primeiro defeito apresentado para nós foi o seguinte: o computador não liga. Aí, cabe ao jogador descobrir em que parte da máquina está o problema. Mau contato, fonte queimada... As possibilidades são várias. O legal é que se você escolhe uma alternativa errada, ele não te penaliza, mas explica a real função daquele equipamento. Assim, você vai aprendendo não só com os acertos, mas também com os erros.

O simulador é ideal para quem está começando ou tem vontade de começar nessa profissão. Para jogar, é fácil. Basta clicar no link abaixo e baixar o programa.


http://rapidshare.com/files/277879069/Simulador_de_defeitos.rar


Abs,

24 de set de 2009

CCNA Tutorial !!!

Nos dia 14, 16 e 18/09 a Cisco promoveu um evento via Webex chamado CCNA Tutorial no qual esclarece muitas dúvidas com relação a Prova de Certificação Cisco CCNA, tais como:

  • Não se perde pontos por se usar o recurso de ajuda (?) nos cenários

  • A correção dos cenários é baseada no running-config e, portanto, não salvar as configurações NÃO invalida a questão

  • Questões com duas ou 3 alternativas corretas são pontuadas parcialmente

  • O teste NÃO É adaptativo, ou seja, não serão lançadas várias questões de um assunto do qual vc errou uma questão.

  • Gaste de 5 a 8 minutos em cada cenário (nunca ultrapasse 10 minutos !)

Além das dicas, simulado com questões teóricas e exercicios práticos no Packet Tracer ajudam o candito a CCNA a se preparar para a prova.

Vale a pena conferir:

Referências:

CCNA Tutorial - September Session (Portuguese)

Segunda-feira Setembro 14, 2009 https://cisco.webex.com/ciscosales/lsr.php?AT=pb&SP=TC&rID=40360167&rKey=a2b952b9cc8288b6&act=pb

Quarta-feira 16 Setembro 2009 https://cisco.webex.com/ciscosales/lsr.php?AT=pb&SP=TC&rID=40379937&rKey=50d49a1db04e26b1&act=pb

Sexta-feira Setembro 18, 2009 https://cisco.webex.com/ciscosales/lsr.php?AT=pb&SP=TC&rID=40399562&rKey=6d4b28f86c09d781&act=pb

23 de set de 2009

ITIL N´ Roll

O que o ITIL tem a ver com o AC/DC ?

Segue abaixo um artigo publicado no site "ITIL na Prática". O Autor do post fez uma louca comparação entre a organização de um grande show de rock com alguns processos do ITIL.

Parece uma grande viagem do autor, mas pra quem estudou ITIL sabe que ele pode ser utilizado, não só para TI, mas também para organizar os mais variados processos.

Abraço a todos!

fonte: http://www.itilnapratica.com.br/

Qual a relação entre Gestão de Serviços e o AC/DC??


Caros leitores, vocês devem estar se perguntando: “Mas que diabos de artigo é esse relacionando Gestão de Serviços com uma banda de Rock?

Como um bom fanático por Rock, e devido a euforia com a proximidade do show da banda AC/DC aqui no Brasil (dia 27 de novembro em São Paulo), eu resolvi unir o útil ao agradável e mostrar o quanto este tema está presente em nosso dia a dia, mesmo que não saibamos disso.

Público de um show de Rock

Público de um show de Rock

Já imaginaram quanto dinheiro está em jogo para promover um show de Rock com uma banda/artista mundialmente conhecidos? Os quilos de equipamentos e a enorme quantidade de profissionais envolvidos em um mega evento deste? A criticidade em ter que agradar 50, 100, 200 mil pessoas que pagaram pra ver o melhor espetáculo possível ao vivo, em um tempo de no máximo 2 horas e meia?

Pois bem amigos, nas próximas linhas, ao som de “Back in Black” vou citar alguns relacionamentos possíveis entre os processos da ITIL e um show de rock!

Vocês já devem ter visto aqueles profissionais que vivem correndo de um lado para o outro, montando e testando os equipamentos das estrelas antes do show, trocando os instrumentos em questões de segundos, arrastando cabos de lá pra cá, e quando ocorre algum imprevisto, atuam na linha de frente na tentativa de resolver o imprevisto o mais rápido possível. São os famosos “Roadies”.

Engenheiro do AC/DC na cabine de monitoração

Engenheiro do AC/DC na cabine de monitoração

Durante o show, você sente que a guitarra está muito mais alta do que os outros instrumentos, e que os volumes vão se adequando aos poucos, até ficarem totalmente nivelados. Talvez a falta de uma análise prévia da Capacidade do ambiente em relação a resposta a determinados níveis de volume evitaria que um engenheiro de som tivesse que determinar o problema, identificar a causa raiz (do volume mais alto do que o previsto) e aplicar uma solução definitiva, que posteriormente pode se tornar uma instrução para a montagem de todos os próximos shows.

Configuração do equipamento usado por Steve Vai

Configuração do equipamento usado por Steve Vai em 1999.

Vamos pegar um exemplo do genial guitarrista Steve Vai. Sem dúvida é um dos artistas que possui a maior quantidade de equipamentos Hi-Tech, que a primeira vista parecem mais geladeiras futuristas. Cada equipamento, desde a ordem de ligação dos amplificadores e controladores, configuração de parâmetros de efeitos, frequência de afinação da guitarra e informações relevantes dos equipamentos como voltagem, modelo, etc.. devem ser controlados minuciosamente para que o timbre característico do artista permaneca sempre o mesmo.

Aliás, vocês têm alguma dúvida de que Steve Vai deve ser consultado (e aprovar) sempre que for necessário realizar atualização de versão em um de seus equipamentos, avaliando o impacto que ela pode trazer para uma possivel performance ao vivo?

E se tudo der errado? Qual é o plano caso ocorra um desastre e tudo pare de funcionar? Talvez sentar em um banquinho, pegar um violão e fazer um acustico, talvez pagar a imensa multa por não fazer o show.

Enfim, tudo isso deve estar explicito nos contratos milionários fechados com os organizadores do evento, juntamente com os níveis de serviço esperados (duração do show, músicas a serem tocadas, etc).

Teríamos muitos outros exemplos para citar, mas a música já acabou e isso indica que devo parar por aqui. E como o mundo do Rock não tem regras, eu vou quebrar o protocolo e divulgar o site de minhas bandas pessoais…

22 de set de 2009

Faça um upgrade grátis no seu Inglês !!!


Este é o título de uma reportagem da Info Exame que chama a atenção para um fato que é conhecido por todos nós mas que muitas vezes empurramos com a barriga:

NA AREA DE TI SABER INGLÊS É FUNDAMENTAL !!!

Além das opções descritas na reportagem que consta nas referências, cito o Live Mocha como uma boa opção (http://www.livemocha.com/) e o curso de Inglês disponibilizado pelo Mauricio Bento em seu disco virtual (http://bentow.4shared.com/) que contém também muito material de estudo interessante para os Ciscomaniacos de plantão.

Bom, agora não tem desculpas para não estudar !!!

Have Fun !!!

Referências:

http://info.abril.com.br/noticias/carreira/faca-um-upgrade-no-ingles-sem-gastar-nada-02072009-26.shl?3

Cursos de Hardware e Linux Grátis !!!


Utilidade Pública:


O site thepolux está disponibilizando cursos on-line gratuitos de linux e hardware para a comunidade brasileira de informática. As aulas são atualizadas semanalmente.
É uma forma de ajudar muitos usuários que precisam ou querem aprender, mas não tem acesso a treinamentos que coincidem com sua renda.

Vale a pena conferir em:


http://www.thepolux.com.br/


Abs,

Como estão os Salários em TI ???

Oi PessoALL,

Recebi esta pesquisa salarial hoje e,pelo que vi, parece retratar a nossa realidade. Os valores foram colhidos por todo o pais e não apenas na região sudeste, onde a tendência é que os salários maiores que a média nacional.
Há alguns valores que são muito relativos. Por exemplo: Instrutor (de quê ???). Dependendo do que o instrutor ministra, os valores mudam muito.
Mesmo assim, dá para ter uma noção de valores e diferenças entre as Profissões de TI. Gostaria de saber o que vcs acham.

Referência:
http://www.rhinfo.com.br/sal-ti.htm

Abs,

21 de set de 2009

Domando uma Tempestade de Broadcast !!!



Olá PessoALL,


Dando uma olhada nos novos comandos suportados pela versão 5.2 do Packet Tracer, encontrei um recurso muito interessante chamado STORM-CONTROL !!!

Podemos fazer um traffic Policy no Switch e definir que todo o broadcast que ultrapasse um determinado limite pré-estabelecido seja descartado. Em nosso exemplo, vamos criar Broadcasts em excesso desabilitando o Spanning-Tree da VLAN 1 para forçar um looping entre as interfaces F0/23 e 24.


Primeiro, a configuração do Switch:


enable
configure terminal
interface range f0/23 - 24
no spanning-tree vlan 1
interface f0/23
storm-control broadcast level 20
interface f0/24
storm-control broadcast level 20
end
wr


Agora, vamos pingar a máquina 192.168.1.2 a partir da 1.1 para forçar o broadcast ARP e gerar uma tempestade


c:\> ping -t 192.168.1.2


Finalmente, vamos olhar em nosso Switch como está o controle do broadcast:

Pronto ! Restringimos o broadcast máximo em nosso Switch a 20% da banda disponivel (que já está toda ocupada !!!)

Dando uma olhada na referência abaixo, podemos notar que o storm-control também pode restringir o tráfego unicast e multicast, o que não é possivel no simulador.

Por enquanto é só pessoALL,

Até a próxima !!!

Referência:
http://www.cisco.com/en/US/docs/switches/lan/catalyst2950/software/release/12.1_22ea/SCG/swtrafc.html#wp1063295

17 de set de 2009

Portal do Grupo de Gerenciamento de Redes

Olá Pessoal:


Vou disponibilizar um site muito interessante que contém vários materiais sobre o Grande assunto do momento ... Redes de Computadores !!!

Lá você vai ter a sua disposição 880 MEGAS para downloads em 1088 arquivos com simulados sobre todas as certificações que existem.

Segue o link ftp://ftp.ger-redes.com.br/
Usuário: exam
Senha: exam

Para acessar diversas ferramentas úteis para Administração e Gerenciamento de Redes acesse diretamente o site www.ger-redes.com.br

Para os AMANTES de tecnologia CISCO segue um outro:
http://www.ger-redes.com.br/index.php?option=com_phocadownload&view=category&id=17:cisco&Itemid=90


Uma Introdução a Telefonia IP - Parte 2


Vamos primeiro procurar entender como os sinais analógicos são convertidos em sinais digitais. Podemos dividir todo o processo em 3 etapas:



  1. Amostrar o Sinal analógico

  2. Quantizar as amostras numa expressão binária

  3. Comprimir as amostras para reduzir o uso da banda

Amostragem


A coleta de amostras da onda analógica deve ser feita de forma a se ter informação suficiente para reconstrui-la de forma digital. Quanto maior o número de amostras, maior a qualidade. O Teorema de Nyquist define que aamostragem deve ser ao menos 2 vezes o valor da maior frequencia do sinal.
São feitas 8000 amostras com 8 bits cada, necessitando-se portanto de 64000 bit ou 64 kpps para a transmissão de uma chamada.

Quantização


Quantização é o processo de selecionar números binários que representam os níveis de voltagem de cada amostra (PAM - Pulse Amplitude Modulation). Processadores de Sinais Digitais (DSPs) usam a quantização para mapear os sons analógicos para os valores binários mais próximos que estão disponíveis. Os valores do PAM são arredondados para cima ou para baixo para o nível que está mais próximo do sinal analógico original. A diferença entre o sinal analógico original e do nível de quantização atribuído é chamado erro de quantização ou ruído de quantização. Esta diferença é a fonte de distorções nos sistemas de transmissão digital.

Compressão

A compressão de dados visa a menor utilização da largura de banda em canais de transmissão de dados. A maioria dos esquemas de compressão tiram vantagem do fato de que datastreams tem muita repetição. Por exemplo, enquanto um código de 7-bit ASCII representa caracteres alfanuméricos, um esquema de compressão pode usar um código de 3 bits para representar a mais oito caracteres comuns. Na voz, há longos períodos de silêncio que podem ser substituídos por um valor que indica o quanto o silêncio não existe, ou quanto tempo o silêncio existe.

Um codec (coder/decoder) deve ser usado para comprimir as 8000 amostras coletadas. Há muitos codecs que variam de acordo com a taxa de compressão e a qualidade alcançadas:

Quanto maior a qualidade, maior a banda exigida. Assim, deve-se procurar um meio-termo entre estes dois elementos. Uma escala chamada MOS (Mean Opinion Score) procura mensurar a qualidade oferecida por estes codecs: Referência:

Gateway Protocols: Waveform Coding Techniqueshttp://www.cisco.com/en/US/tech/tk1077/technologies_tech_note09186a00801149b3.shtml

Uma Introdução a Telefonia IP - Parte 1


VOIP e Telefonia IP são sinônimos ?
Estes dois termos são usados com freqüência intercambiáveis, mas eles são de fato diferentes. VoIP descreve o método atual de transmissão de voz sobre uma rede IP, enquanto a telefonia IP descreve dispositivos de telefonia IP que usam o IP como o transporte nativo para voz e de sinalização. A telefonia IP precisa de VoIP para enviar chamadas através da rede VoIP, mas VOIP não necessita de telefonia IP para existir.

A Telefonia IP tem vários componentes, como mostrado na figura abaixo:


Telefones: Podem ser telefones IP baseado em software, telefones operados em PCs (SoftPhones) ou telefones tradicionais (analógico ou ISDN).

Gateways: Gateways de interligação da rede VoIP com dispositivos tradicionais de telefonia. Gateways são usualmente voice-enabled routers e fornecem as seguintes funções:

  • De um lado, o telefone liga para a linha de gateway. O gateway conecta à PSTN (rede pública de telefonia)e se comunica com qualquer telefone no mundo.
  • Por outro lado, o gateway se conecta à rede IP e se comunica com qualquer computador do mundo.
  • O gateway tem o sinal de telefone padrão, digitaliza-lo (se não já é digital), comprime, packetiza usando IP, e encaminha para um destino através da rede IP.
  • O gateway inverte a operação de pacotes vindo da rede e os envia para o telefone.
  • Ambas as operações (entrada e saida da rede de telefonia) têm lugar ao mesmo tempo, permitindo uma conversa full-duplex (bidirecional).

MCU ou Unidades de controle multiponto: Uma unidade de controle multiponto (MCU) é necessária para conferências. Se mais de duas partes estão envolvidas em uma chamada, todos os membros da conferência enviam sua mídia para o MCU. O MCU mistura a mídia e, em seguida, envia através dos meios de comunicação para todos os participantes.
Servidores de aplicações: servidores de aplicativos baseados em XML fornecem serviços para telefones IP. Usuários de telefones IP têm acesso aos diretórios e bases de dados através de aplicações XML.
Gatekeepers: Gatekeepers são úteis, mas opcionais, componentes da rede VoIP. Eles fornecem roteamento e gerenciamento central para todos os terminais (terminais, gateways e MCUs) numa determinada zona. Gatekeepers fornecem Controle de Admissão de chamadas(CAC) para impedir que a rede receba mais ligações do que pode suportar. CAC traduz números de telefone ou nomes para endereços IP para o roteamento de chamadas em uma rede H.323.
Call Agents: Call Agents fornecem controle de chamada, CAC, controle de banda, e endereço de serviços de tradução para telefones IP ou Media Gateway Control Protocol (MGCP) gateways. Cisco CallManager é um agente de chamada. CallManager gerencia todos os componentes ativos da rede VoIP, incluindo telefones, gateways, pontes de conferência, a transcodificação de recursos, e as caixas de correio de voz, entre outros. CallManager usa frequentemente Skinny Client Control Protocol (SCCP) para sinalizar os pontos de extremidade de hardware do sistema, tais como telefones IP. H.323, MGCP, ou Session Initiation Protocol (SIP) é usado para transmitir sinais de chamada para gateways. Em alguns aspectos, CallManager funciona como um PBX IP.
Video Endpoint: terminais de vídeo fornecem recursos de telefonia de vídeo para os usuários. Assim como ocorre com chamadas puramente de audio, chamadas de vídeo precisam de uma unidade de controle multiponto para conferências. Para videoconferência, a unidade de controle multiponto tem de ser capaz de misturar vídeo e áudio.
Na parte 2, vamos entender como ocorre a conversão do sinal analógico em digital.

Abs,

Referência:
http://www.cisco.com/en/US/products/ps6788/Products_Sub_Category_Home.html

16 de set de 2009

Novidades do Mundo VOIP em 2008 !


O portal Voip-News.com listou as grandes mudanças e lançamentos feitos em 2008. Foram 25 inovações citadas. Destas destaquei 10 (as quais eu achei mais interessantes):

1) Criação de um código para o iNum VoIP: foi a iniciativa de mais longo prazo do ano. A operadora belga Voxbone, um fornecedor global de números locais e links IP, persuadiu a UIT (União Internacional das Telecomunicações) a criar um novo código de país para chamadas internacionais --> 883.

2) VoIP para iPhone e Android: operadoras VoIP do mundo todo correram para portar seus serviços para os telefones móveis iPhone e Android.

3) PBX IP hospedado - se você comprar troncos SIP (Session Initiation Protocol) terá a economia entre os principais benefícios do PBX IP ou hospedado. A solução reduz custos e acaba com a premissa de compra dos sistemas telefônicos.

4) Transcrição de voz para texto - tanto na entrada quanto na saída de mensagens, utilizando software de reconhecimento de voz para ligar receber mensagens faladas em texto, a tendência deve se tornar realidade gradativamente.

5) Publicidade durante chamadas: há vários serviços de chamadas gratuitas para usuários da internet. Mas as ligações para telefones tradicionais quase sempre custam dinheiro, porque as empresas tradicionais pagam os encargos de terminação de chamadas. A solução encontrada pela Anel Plus Inc. são as ligações internacionais gratuitas para telefones fixos e celulares nas quais o chamador precisa apenas ouvir anúncios publicitários curtos, em vez de tons de toque, enquanto espera a resposta.

6) Integração de voz, vídeo, texto, na hora e no local pré-definidos em um único posto de informações: o Vayyoo, da vPost, são serviços que comprovam mais uma vez que VoIP é apenas uma aplicação no espectro de soluções IP. Eles permitem que usuários criem smartphones integrados contendo mensagens de voz, imagem, vídeo, texto, hora e local das informações, e as publiquem em um website ou outro sistema de sua escolha.

7) Newber do iPhone em qualquer lugar: o FreedomVOICE leva uma multidão ao iPhone com a versão beta do Newber, um número de serviço virtual que permite aos usuários empresariais mudar automaticamente seus números para transmitir chamadas de celular. O serviço utiliza um software do cliente para acessar o GPS do iPhone para determinar de qual número fixo o usuário está mais próximo, se de casa ou do escritório, e automaticamente encaminha as chamadas.

8) Tradução em tempo real: transcrever mensagens de voz em texto é, como já foi dito, bastante comum. Tanto a JAJAH quanto a IBM Corp colaboraram para fazer algo muito mais incomum: traduzir frases faladas em idiomas diferentes. Quando estiver em um país estrangeiro, ligue para um número local JAJAH e fale uma frase em seu telefone móvel. A pessoa com a qual você está tentando se comunicar irá ouvi-lo no idioma local.

9) Selo de qualidade de voz em Wi-Fi: especialistas advertem que o transporte de voz sobre Wi-Fi pode comprometer a qualidade. Não que a pequena empresa queira prejudicar a sua imagem com ligações deste tipo, mas as vezes esta é a única forma prática de obter os benefícios do VoIP. Para ajudar com esses dilemas, o Wi-Fi Alliance começou a certificar equipamentos que transportam voz.

10) Números descartáveis em redes sociais: é muito fácil adquirir um número barato ou gratuito, que recebam chamadas. E igualmente simples encaminhar as chamadas para qualquer outro número que você desejar. A maioria dos fornecedores de tais serviços, porém, esperam que você mantenha os números. A Vumber, pelo contrário, quer que você sinta-se livre para lançar o seu número virtual, ou Vumber, e mudá-lo quando achar conveniente. O serviço aceita até três trocas gratuitas, pagando uma tarifa mensal de US$ 9,99. Depois disso, cada mudança custa R $ 1,99. É uma forma barata para compensar suas falhas em termos sociais. Como o site da Vumber coloca: "Você pode mudar seu Vumber como muda de roupa."

Referência:
http://www.blastervoip.com.br/noticias/voip_2008.html

10 de set de 2009

Se voce acha dificil IPv6.... se prepare!

Olá Pessoal, dando uma olhada em alguns conteúdos da Cisco na Web principalmente na parte de projeto de redes com a utilização de IPv6 me chamou atenção um tal de IPv9!
Sim eu não digitei errado, é isto mesmo IPv9, já está sendo utilizado pela a Agência Nacional de Defesa da China e entre outras organizações Chinesas.
Ok, você me pergunta, o que muda! Bem, simples o IPv6 suporta 128 bits o IPv9 suporta a bagatela de 256 bits.

Tá ai, mais um desafio em breve.

Abraços!

7 de set de 2009

Limite o Tráfego de entrada com CAR



CAR - Committed Access Rate - é um recurso nos roteadores Cisco que permite limitar o tráfego de entrada ou saida numa determinada interface. É muito útil para mitigar ataques de DOS ou DDOS que consistem em sobrecarregar o router com mais tráfego do que o mesmo possa suportar.

Montei um exemplo bem simples, dois routers interligados por um link serial de 512 kbps, a idéia é limitar a entrada de pacotes ICMP na s0/0 do R1 a 25% da capacidade do link (128000 bps). Segue a configuração para o teste:

! RouterO
enable
configure terminal
hostname R0
interface s0/0
ip address 200.10.10.1 255.255.255.252
clock rate 504000
end
wr

! Router1
enable
configure terminal
hostname R1
interface s0/0
ip address 200.10.10.2 255.255.255.252
rate-limit input access-group 100 128000 24000 48000 conform-action transmit exceed-action drop
exit
access-list 100 permit icmp any any
end
wr

A chave está no comando rate-limit que usa uma ACL para definir o tráfego ICMP e define a banda permitida em bps (128000). O burst-normal e o burst-max são definidos em bytes

Burst-normal = configured rate * 1/8 * 1.5 seconds (1/8 para converter bit em byte)
Burst-max = Burst-normal * 2

Logo: 128000 *1.5 *1/8 = 24000 e 48000


Fiz um ping estendido a partir de R0 para testar o configuração:


A quantidade de pacotes ICMP permitidos e dropados na entrada da serial do R1 pode ser vista com o comando show interface s0/0 rate-limit:


Encontrei outros exemplos legais do uso de CAR nos links abaixo:

http://networkers-online.com/blog/2008/07/car-rate-limit-examples/
http://www.cisconet.com/qos/qos-general/134-cisco-how-to-limit-rate-on-interface-.html

Até a próxima !

4 de set de 2009

Novo Colaborador !!!


Senhoras e Senhores,

É com muito orgulho que anuncio nosso novo colaborador: Tiago Martins Piffer !!!

Tiago foi meu aluno no IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, onde cursa o 4º Semestre de Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Piffer trabalha na T-Systems e acumula os cargos de Microsoft Student Partner e Presidente do CA - Gestão 2009/10 na Federal.

Convido o Tiago para nos explicar o que é o MSP e quais as novidades nas áreas de Sistemas Operacionais, Redes e Infra-estrutura que a Microsoft tem a oferecer !

Mas cuidado, dizem que Cisco na Vista dói hein !!! rs rs rs !!!

Seja bem-vindo Tiago !!!

Telefonica

PessoALL o que tá pegando com o a Telefonica de novo!!
Estou com mais de 40 link's fora da telefonica.... e para variar sem posição!

Bem se alguem tiver alguma noticia, manda para nós será bem vindo com certeza!


Abraços,

Danilo

3 de set de 2009

Um exemplo a ser seguido !!!

Eduardo Estanislau foi meu aluno num curso de Tecnologia em Redes de Computadores há cerca de 3 anos. Na época, já era CCNA e MCSA e, como era muito interessado na disciplina, os colegas o apelidaram de "Cisco Man".
Conversando com ele hoje no gmail descobri que Estanislau, (que também trabalha na Telsync, viu Thais !) hoje atua com VOICE e que, há cerca de 3 meses atrás, concluiu a última das 5 provas necessárias para alcançar o título de Cisco Certified Voice Professional - CCVP !!!
Isso mesmo ! CCVP ! Segue abaixo as impressões do Eduardo sobre as Provas:


Adilson: Que material vc usou para estudar ?
Eduardo: usei os self study do ccvp mesmo
veja este site q fiz
ccvp.4shared.com
como trabalho com isso... senti dificuldade mais na prova de qos
o resto é meu dia a dia...
gatekeeper tb é difícil mas não pesa muito na prova...
gatekeepers é mais pra qem trabalha em operadoras...
tipo BT

Adilson: Como vc descreve a sua área de atuação hoje ?

Eduardo: olha, acho bem dificil trabalhar com voz...
pq não tem algo exato
troubleshootings é muito avançado, com wireshark... logs...
e tem muitas tecnologias...
em routing switching, é mais exato
por isso tem poucos ccie de voz
é uma gama de produtos.
tem q ter muito tempo de vivencia par atirar ccie de voz.. ..mas da pra encarar!

Estanislau me contou muitas estórias interessantes de profissionais que trabalham e trabalharam na Telsync e tiraram seu CCIE na casa dos 20 anos de idade. Impressionante !!!

Eduardo, mais uma vez parabéns pela conquista !!! Vc acreditou que valeria a pena todo o sacrificio para se destacar da multidão e foi atrás ! Fico muito feliz em saber que pude colaborar de alguma forma com sua formação. Isto realmente não tem preço pra mim !!!

Sucesso !!! Rumo ao CCIE Voice !!!

O fato de se contar nos dedos da mão o número de profissionais com este título só vem a tornar mais gratificante a conquista !!!

"Nunca desista de seus sonhos pois, se o fizer, continuará vivendo, mas terá deixado de existir !!!"

40 anos de Internet !!!


Ontem, dia 02/09/09, a Internet completou 40 anos, segue abaixo o histórico desta rede quarentona que mudou para sempre as nossas vidas: (a figura mostra Len Kleinrock, pioneiro da internet, posando com a primeira interface de rede, em Los Angeles)

1969: Em 2 de setembro, dois computadores na UCLA (Universidade da Califórnia, Los Angeles) trocam dados sem sentido no primeiro teste da Arpanet, uma rede militar experimental. A primeira conexão entre dois locais --a UCLA e a Stanford Research Institute, também na Califórnia-- acontece em 29 de outubro, apesar de a rede ser interrompida após digitarem as duas primeiras letras da palavra "logon". A Universidade da Califórnia Santa Bárbara e a Universidade de Utah também se juntam à rede depois.

1970: A Arpanet chega à sua primeira ligação na costa leste dos Estados Unidos, na empresa Bolt, Beranek e Newman --agora BBN Technologies--, em Cambridge, Massachusetts.

1972: Ray Tomlinson traz também o e-mail à rede, escolhendo o símbolo "at" ou "@" como maneira de especificar endereços de e-mail pertencendo a outros sistemas.

1973: A Arpanet ganha suas primeiras ligações internacionais, na Inglaterra e Noruega.

1974: Vint Cerf e Bob Kahn desenvolvem a técnica de comunicações TCP, permitindo que múltiplas redes se compreendam, criando a verdadeira internet. Posteriormente, o conceito se divide em TCP/IP antes de sua adoção formal, em 1º de janeiro de 1983.

1983: O DNS (Domain Name System) é proposto. A criação de sufixos como ".com", ".gov" e ".edu" chega um ano depois.

1988: Um dos primeiros worms da internet, Morris, causa danos a milhares de computadores.

1989: A Quantum Computer Services, agora AOL, inaugura o serviço America Online para computadores Macintosh e Apple 2, começando uma expansão que acabaria por conectar cerca de 27 milhões de norte-americanos em 2002.

1990: Tim Berners-Lee cria a WWW (World Wide Web) enquanto desenvolvia maneiras de controlar computadores a distância na Cern (Organização Europeia para Pesquisa Nuclear).

1993: Marc Andreessen e colegas na Universidade de Illinois criam o Mosaic, primeiro navegador a combinar gráficos e texto em uma única página, abrindo a web para o mundo com um software fácil de usar.

1994: Andreessen e outros na equipe do Mosaic formam uma empresa para desenvolver o primeiro navegador comercial, o Netscape. Isso chama a atenção da Microsoft e de outros desenvolvedores que iriam investir no potencial comercial da web. Dois advogados da área de imigração apresentam o spam ao mundo, ao fazer propaganda de seus serviços de "green card lottery" --programa de distribuição de vistos norte-americanos.

1995: A Amazon.com abre suas portas virtuais.

1998: Google monta um projeto iniciado nos dormitórios de Stanford. O governo dos Estados Unidos delega a supervisão das políticas relacionadas a nomes de domínios para a Icann (Internet Corporation for Assigned Names and Numbers). O Departamento de Justiça e 20 Estados acusam a Microsoft, criadora do onipresente sistema operacional Windows de abusar de seu poder de mercado, frustrando a competição com o Netscape e outros.

1999: O Napster populariza o compartilhamento de arquivos de música, levando a sucessores que mudaram permanentemente a indústria das gravadoras. A população usuária de internet no mundo ultrapassa 250 milhões de pessoas.

2000: O "boom" das empresas de tecnologia dos anos 1990 dá lugar à explosão da bolha do setor. A Amazon.com, eBay e outros sites são seriamente prejudicados em um dos primeiros usos em larga escala do ataque de negação de serviço, que enche um site com tanto tráfico falso que usuários de verdade não conseguem visitá-lo.

2002
: A população usuária de internet do mundo ultrapassa 500 milhões de pessoas.

2004: Marck Zuckerberg inicia o Facebook, em seu segundo ano de curso na Universidade Harvard.

2005: É inaugurado o site de compartilhamento de vídeos YouTube.

2006: A população usuária de internet do mundo ultrapassa 1 bilhão de pessoas.

2007: A Apple lança o iPhone, trazendo o acesso a internet sem fio a mais milhões de pessoas.

2008: Os usuários de internet do mundo ultrapassam 1,5 bilhões de pessoas. O total só na China chega a 250 milhões, ultrapassando os Estados Unidos como o país com a maior população usuária de internet do mundo. Os desenvolvedores do Netscape interrompem o navegador pioneiro, embora seu "sucessor", Firefox, permaneça forte. Importantes companhias aéreas intensificam o uso de serviços de internet nos voos.

2009: O "Seattle Post-Intelligencer" torna-se o primeiro grande jornal diário a ficar exclusivamente online. O Google anuncia o desenvolvimento de um sistema operacional com foco na web.

Parabéns a todos os que fazem parte da Grande Teia !!!

Referência:
http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u617940.shtml

2 de set de 2009

Aprenda Segurança de Redes !!!


Para os fãs de Segurança de Redes, encontrei um poster que descreve as soluções segurança em camadas e as 20 carreiras em Segurança mais procuradas.Aliás, o site do sans.org é uma excelente dica de leitura !

Vale a pena conferir:

http://www.sans.org/whatworks/poster_spring_09.pdf

Aprenda Protocolos de Redes !!!


Além do universo de protocolos TCP/IP existe uma série de universos paralelos, com diferentes protocolos de redes.
Alguns praticamente cairam em desuso, como as familias AppleTalk e IPX/SPX. Outros estão em plena ascensão, como SIP e outros protocolos usados na Telefonia IP.
Para se ter uma idéia do tamanho desta encrenca, uma dica útil é visitar o site:

http://www.protocols.com

Aqui vc vai encontrar uma lista cheia de acrônimos que representam os protocolos, alguns até repetitivos como no caso do PAP:
Printer Access Protocol ou Password Authentication Protocol ???
Os dois existem ! Há um breve descritivo e uma identificação da pilha de protocolos que cada acrônimo pertence.

Como uma imagem vale mais que mil palavras, vou lhes presentear com um poster contendo uma imensa lista de protocolos separados por camada de Modelo OSI, algo digno de ser impresso e ficar pendurado na parede de seu quarto !!! rs rs rs !!!

Pegue o seu brinde clicando aqui !

Até a próxima !!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails