29 de ago de 2013

Neil Moore - 7X CCIE


Enquanto a maioria dos profissionais Cisco sonham em tirar seu primeiro CCIE, Neil Moore já está no sétimo título. Qual é o segredo para o sucesso ?

O pessoal do INE, centro de treinamento especializado em cursos preparatórios para exames Cisco, divulgou recentemente as conquistas de seu mais ilustre aluno: Neil Moore acumula os titulos de CCIE R&S, Security, service Provider, Voice, Storage, Wireless e Datacenter.

Bom, em primeiro lugar nós podemos notar pelo baixo número CCIE que possui que Neil já está na estrada de TI há um bom tempo, seu primeiro CCIE foi em 2002 (mesmo ano em que eu tirei o meu CCNA). De lá para cá, o mesmo não sossegou e foi acumulando os títulos até entrar para o Guiness Book como o primeiro ser a ter 7 titulos CCIE.

Realmente é louvável mas não podemos esquecer de algumas verdades:

1) Mesmo que vc tire vários CCIEs de carreiras diferentes, seu ID é um só, se uma empresa precisa de 3 CCIEs, vc será apenas mais um.

2) Consequentemente, seu salário será apenas de UM CCIE. Vc não multiplica o mesmo pelo número de títulos que possui.

3) Conquistar o primeiro CCIE com certeza é o mais dificil, mesmo por quê o maior desafio é conseguir administrar o tempo e controlar a ansiedade para poder passar no Exame.

Claro que isto não diminui o mérito de Neil, imagino que ele tenha pago um grande preço abrindo mão de muitas horas de sua vida que poderiam ter sido usadas para estar com sua familia, para o lazer e outras coisas (As vezes, fico me questionando se realmente vale a pena ou se o preço a ser pago é alto demais).

Acho que o segredo para realizar grandes conquistas e ter um mínimo de vida chama-se DISCIPLINA - se vc olhar para a figura com o histórico de Neil, verá que ele começou "do começo" (desculpem-me pela redundância) - R&S, Security e SP são os títulos mais comuns para os triple CCIEs pois tem muito a ver entre si - para os demais creio que o esforço demandado tenha sido maior.

Agora, os candidatos a CCIE tem o seu próprio Chuck Norris para cultuar como um Deus Super Poderoso e Invencivel e para fazer piadinhas nerds do tipo:

O protocolo RIP pode se tornar Link State, desde que Neil Moore ordene que isto ocorra !

O mundo está passando do IPv4 para o IPv6 por quê Neil Moore não gosta do número 5 !

(Crie aqui suas piadas sem graça também ! ;)

Confira a estória de Neil em: http://blog.ine.com/2013/08/09/congratulations-to-neil-moore-7-x-ccie-10044/

28 de ago de 2013

Como anda a implementação do IPv6 pelo mundo ?


Site criado pela Cisco exibe estatísticas mundo afora acerca da implementação do novo protocolo da Internet.

Achei muito interessante os números mais recentes acerca do uso do IPv6 pelo mundo e resolvi compartilhar o link aqui no Blog.

Confesso que os resultados me surpreenderam, o Brasil está atrás de vários países na América do Sul em relação a implantação do IPv6, mesmo após vários anos de intensa "evangelização" feita por parte do NIC.br com seus cursos gratuitos de IPv6, dos quais venho participando como colaborador nos últimos 3 anos.

O Peru parece ser o grande destaque, o pais foi escolhido pela Telefonica para ser o pais "beta tester" da empresa e tem grande destaque no mapa atual de implementação v6.

Confira os dados do IPv6 Stats em:

http://6lab.cisco.com/stats/

Have Fun !!!

27 de ago de 2013

Curso BGP - Fundamentos, Design e Implementação


Curso será ministrado em setembro na cidade de São Paulo por Especialista em Redes IP com 34 anos de experiência na Embratel.

Em setembro, João Vasconcelos (Vasco), profissional que participou da implantação do backbone Internet da Embratel e que desde 1995 trabalhou diretamente com a implantação de redes BGP irá ministrar um curso sobre o tema focando no uso de equipamentos Cisco.

O treinamento ocorre na região central de São Paulo. São apenas 10 vagas, à um valor promocional de R$ 1.990,00

O curso será ministrado de segunda a sexta, das 9:00 as 18:00, com intervalo de 15 minutos para coffee-breaks. O pagamento pode ser parcelado em até 12x via PagSeguro.

◦Quando: dias 23/09, 24/09, 25/09, 26/09 e 27/09, sempre das 09:00hs às 18:00hs

◦Onde: Rua Marquês de Itu, 408 – Conjunto 24 (próximo a Estação República do Metrô)

◦Quanto: R$ 1.990,00 (Podendo ser parcelado em até 12X via PagSeguro)

◦Diferenciais: Laboratórios - total de 12 labs montados no GNS3, distribuídos ao longo dos 5 dias do curso.

◦Pré-requisitos: Não é necessário conhecimento prévio de BGP, basta conhecer redes IP convencionais. O curso irá abordar como implementar BGP em um backbone IP e como configurar BGP Multihoming em pequenos ASNs.

◦Importante: O aluno deverá trazer notebook próprio para a realização dos Labs. Utilizaremos o emulador de IOS GNS3 com topologias que exigem uma máquina com bom poder de processamento, mínimo I3 com 4 giga de ram.

◦Conteúdo Programático:

Introdução ao BGP
- Conceitos básicos
-Estabelecimento de sessão BGP
-Mensagens BGP
-Atributos BGP
-Configuração inicial
-Monitoramento e solução de problemas

Seleção de rotas manipulando atributos
- Route Maps
- Prefix Lists
- Autonomous System ACL
- Expressões regulares
- Utilizando atributo weight
- Utilizando atributo Local Preference
- Utilizando atributo AS-PAth
- Utilizando atributo MED
- Utilizando communities

Conectividade Cliente ISP
- Quando usar BGP e quando não usar
- Multihomed com um ISP
- Multihomed com mais que um ISP

BGP em AS's de trânsito
- Interação com IBGP e EBGP em AS trânsito
- Encaminhamento de tráfego em AS trânsito
- Configurando um AS trânsito
- Monitoração e solução de problemas em AS trânsito

Escalando BGP em ISP's
- Route reflectors
- Confederations
- Limitando número de prefixos recebidos
- Implementando BGP peer groups
- Usando BGP dampening
- BGP com IPv6

Os interessados devem enviar e-mail solicitando instruções para matricula para:

adilson.aflorentino@gmail.com

◦Inscrições Abertas por tempo limitado: apenas 10 vagas. Garanta já a sua !!!

10 de ago de 2013

NIC.br adota infraestrutura da Cisco para ampliar PTT


A Cisco anunciou que o NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR) instalou tecnologias IP e IP/DWDM Cisco 100 Gbps para expandir a maior unidade de PTT.br (Ponto de Troca de Tráfego), e atender a demanda de aumento de tráfego nos próximos anos, inclusive com a proximidade dos eventos esportivos.

A rede abrange São Paulo e outras grandes cidades, e incluirá VPLS (Virtual Private LAN Services), tecnologias de 100 Gbps, que prometem assegurar que a infraestrutura de Internet do Brasil possa acompanhar a demanda de tráfego gerada pelos grandes eventos esportivos internacionais e pelo crescimento econômico do País.

Milton Kaoru Kashiwakura, diretor de projetos especiais e desenvolvimento do NIC.br, diz que o Núcleo tem se espelhado no ponto de troca de tráfego do LINX, em Londres. "Eles tiveram um papel importantíssimo para o sucesso dos Jogos Olímpicos de Londres. Este investimento, junto com a Cisco, permitirá atender aos eventos esportivos internacionais que virão (Copa do Mundo e Jogo Olimpícos), com folga, de acordo com as nossas previsões de crescimento”, promete.

O NIC.br implantará o roteador Cisco da série ASR 9000, que promete conectividade IP altamente resiliente e redundante e suporte robusto para IPv6, e o backbone conecta mais de 400 sistemas autônomos de estados brasileiros e outros países. A solução atendeu ao requisito do NIC.br para instalação que atenda a capacidade de Protocolo de Internet sem forçar um upgrade para qualquer infraestrutura de fibra existente.>

A solução promete uma topologia de rede nova e redundante para ajudar o NIC.br a melhorar a disponibilidade e reduzir perdas de tráfego na rede IP quando há falhas na camada de transporte óptico. Amos Maidantchik, diretor de setor público da Cisco Brasil, afirma que a solução permitirá que o governo troque mais tráfego entre seus departamentos e com a sociedade civil que participa da rede, a fim de reduzir custos e atender demandas atuais e futuras por voz, vídeo e dados.

Sri Hosakote, vice-presidente e gerente geral de High End e Optical Routing da Cisco afirma que o NIC.br está na dianteira de como a internet pode mudar as vidas das pessoas facilitando o compartilhamento de notícias, mensagens, música e vídeos. “Estamos entusiasmados por poder acrescentar o NIC.br à sua lista crescente de provedores que escolheram a série ASR 9000 e a tecnologia DWDM coerente com nLight de 100G para lidar com o surgimento de demanda por largura de banda na internet de última geração".

Fonte: http://www.ipnews.com.br/telefoniaip/index.php/solucoes/categorias-de-solucoes/servicos/27518-nicbr-adota-infraestrutura-da-cisco-para-ampliar-rede-de-ponto-de-troca-de-trafego.html

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails