27 de abr de 2009

A Comunicação e a Tecnologia da Informação

Saber comunicar é uma das qualidades mais importantes no mundo dos negócios. É por meio da comunicação que estabelecemos relacionamentos com o mercado. É ela que ajuda a “vender o nosso peixe.” A palavra “comunicação” é oriunda do termo latino – communicatione - e, segundo o dicionário Aurélio, significa “a capacidade de trocar ou discutir idéias, de dialogar, de conversar, com vista ao bom entendimento entre pessoas”.

Portanto, comunicar é muito mais do que apregoar idéias, valores e produtos. A comunicação exige troca, entendimento. Ela faz o homem sair de dentro de si mesmo e o motiva a construir pontes entre ele e as outras pessoas. Ela favorece a aproximação de culturas, o debate de idéias e abre caminho para as inovações. Comunicação é poder. Por isso, ela é um dos fatores responsáveis pelo sucesso de qualquer empreendimento.

Entretanto, para se ter sucesso, as ações de comunicação precisam ser claras e objetivas. Para que isso aconteça, precisamos de alguns ingredientes especiais: boas idéias, público-alvo definido, canal adequado, linguagem correta e bom conteúdo. Esses fatores são decisivos para informar, encorajar e convencer. E mais: a boa comunicação deve ser honesta, relevante e atraente.

Porém, como pode haver comunicação quando faltam boas idéias, clareza e objetividade? É esse o cenário que observamos hoje no mercado de TI. Existe muito barulho mas pouca comunicação. Então, o que pode ser feito para acabar com os ruídos e melhorar a comunicação? Talvez o primeiro passo seja parar de falar e começar a ouvir. Ouvir para entender o que as pessoas querem, precisam e desejam. Agindo assim, será mais fácil perceber que o mercado está mais exigente, que os consumidores amadureceram e que a concorrência chegou para ficar.

Outro ponto: a TI não é a maior preocupação das empresas. Elas estão muito mais preocupadas com a sua sobrevivência. Elas querem resolver seus problemas, melhorar os negócios e precisam de ajuda para isso. Elas precisam de empresas prestadoras de serviços e profissionais que falem uma língua que elas entendam.

Idéias claras e objetivas ajudam o consumidor a perceber o valor dos produtos. Essa percepção é um dos fatores determinantes para a concretização da venda.

Contudo, a boa comunicação não acontece por acaso. Ela exige investimentos, inteligência, tempo e muito, mas muito trabalho. Porém, ela produz bons resultados. Chacrinha, o velho guerreiro, foi um dos maiores comunicadores do Brasil. Ele costumava dizer que: “quem não se comunica, se trumbica”. Isso ainda está valendo.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails