10 de jun de 2010

Cientistas e Pesquisadores... Preparem-se!


Boa notícia!

IBM terá laboratório de pesquisa no Brasil.

A IBM anunciou que irá construir um laboratório de pesquisas no Brasil. Em comunicado enviado à imprensa, a companhia informa que as operações começam imediatamente nas sedes da empresa em São Paulo e no Rio de Janeiro. O centro será voltado para pesquisa de tecnologias para um planeta mais inteligente, o que vai ao encontro de iniciativas recentes da própria Big Blue com o Smarter Cities...


O texto dia ainda que a companhia trabalhará com governos locais para determinar onde ficarão as futuras instalações do laboratório. Este é o primeiro centro do gênero da empresa na América do Sul e o primeiro que a IBM abre em 12 anos.

A companhia não abre os investimentos previstos para o centro e tampouco o número de funcionários contratados para a operação inicial. O comunicado diz apenas que, em cinco anos, a expectativa é que sejam recrutados 100 pesquisadores. Em entrevista à InformationWeek EUA, entretanto, um porta-voz da IBM falou em pelo menos 10 contratações neste início.



Além de focar descobertas ligadas aos recursos naturais, o centro trabalhará em dispositivos inteligentes que serão criados com o avanço da área de semicondutores, sistemas humanos inteligentes e também soluções para uso em grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.



Temos um certo amigo que esteve lá recentemente... Seria essa uma boa hora de encarar um mestrado e depois um doutorado?

Um abraço,
Sandro Leite.

2 comentários:

gustcol disse...

essa história é velha em.. Além do mais, a IBM acaba de fechar uma série de laboratórios incríveis nos EUA, cito como exemplo o de Austin,Texas, onde foram demitidas centenas de excelentes profissionais.

Adilson Florentino disse...

Tudo bem Sandro ?

Quando eu estive na IBM de Hortolândia realmente eles comentaram dos planos de abrir um Centro de Pesquisas no Brasil.

O pessoALL da IBM parece bem interessado em formar mão-de-obra local. Se dispusseram até a colocar um funcionário dentro das salas de aula para sevirem como monitores e ajudar os professores nas atividades de laboratório (lembrando que o governo federal irá abrir uma Escola Técnica em Hortolândia).

O que penso é o seguinte: se a IBM quer usar mão-de-obra brasileira é por que ela realmente é mais barata e não por que a empresa se preocupa com o nosso desenvolvimento local. Formar profissionais qualificados representa um alto custo, manter alguém no time que só começará a produzir depois de um certo tempo.Eles querem contratar alguém que logo começará a produzir.

Para os jovens, acho que é uma excelente oportunidade. Os operadores de nivel 1 estavam com um salário de R$ 1.500,00 (o que eu acho que está bem acima da média das bolsas de estágio no Brasil).

Quanto a pesquisa, não sei dizer ao certo. Nos últimos tempos foram contratados apenas 2 pesquisadores na Cidade da IBM em Hortolândia, todas as outras centenas de Contratações foram para nivel operacional.

Quem sabe com a implantação do Centro de Pesquisa isso melhore !!!

Abs,

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails