23 de mai de 2011

Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves


Esta semana estou ministrando um curso de IPv6 em BH e olha só o que eu encontrei por aqui:

Desenhada por Oscar Niemeyer, a Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves foi inaugurada no início de março de 2010 em Minas Gerais. A “cidade” foi projetada para ser a sede do Poder Executivo estadual. Um Mega projeto com 11 mil Telefones IP, o maior case da Cisco na América Latina no gênero.

O texto abaixo foi publicado no ano passado, mas dá uma idéia da grandeza do projeto:

Projeto estimado em R$ 109 milhões foi vencido pelo consórcio formado pelas empresas NetService e pela Cimcorp, ambas revendas Cisco, também será responsável pelo gerenciamento do serviço VoIP.

Inaugurada em março último, a cidade administrativa da Minas Gerais, espaço que reúne todos os órgãos públicos do Governo do Estado de Minas Gerais, inovou ao contratar a infraestrutura de rede e de telefonia no formato de serviço.

O espaço foi dimensionado para acomodar cerca de 21 mil servidores públicos, e utiliza, como infraestrutura, tecnologias e conceitos de ponta, como é o caso da contratação feita junto ao consórcio formado pela Cimcorp e pela NetService, ambas revendas Cisco, para a aquisição da rede de dados e de telefonia no formato de serviço.

O projeto, orçado em R$ 109 milhões, acaba de ter a sua primeira fase concluída. A infraestrutura de rede permitirá a transmissão de dados e voz (telefonia IP - VoIP) simultâneos.

As empresas prestadoras do serviço cobrarão por telefone ativado e em funcionamento e por ponto de rede, incluindo o acesso sem fio e toda a infraestrutura de segurança da informação necessária ao ambiente.

“A participação da Cisco foi total no que se refere às redes de dados e de telefonia. O governo lançou edital no ano passado para que uma empresa fornecesse LAN, segurança, wireless LAN, e toda a infraestrutura de comunicações unificadas, onde entram 11 mil telefones”, conta Amos Maidantchik, diretor do setor público da Cisco.Em contrato, o governo de MG, estabeleceu que, ao final dos cincos anos, haverá a prerrogativa de posse dos equipamentos.

A rede possui 11 mil telefones IP e 20 mil pontos de acessos fixos, além de 333 access point espalhados pelos prédios, para permitir a conexão sem fio. “Cada cinco pessoas irão compartilhar três telefones. Obviamente, espera-se colocar um telefone para cada servidor, o que exigirá uma expansão do contrato”, diz Maidantchik.

Segundo ele, a rede foi composta com equipamentos de última geração e de alta capacidade. “Até cogitamos aliança com um fornecedor de telefones analógicos para baratear o projeto, mas no dimensionamento vimos que seria viável adotar telefones IP”, conclui, ao comentar sobre a facilidade de colaboração entre os órgãos estaduais, implementada pelo novo sistema de telefonia.


Isso é que é trem grande sô !!!

2 comentários:

Karl disse...

Fala Adilson,sou de BH e conheço as duas empresas envolvidas neste processo de outsourcing de Redes.
Tenho a dizer que realmente foi um grande projeto,e que mobilizou alta tecnologia e grande material intelectual humano.
Abraços,
Karl Frederick

Gerson disse...

O do HSBC é o maior 35.000 telefones IP distribuídos em mais de 1700 Sites/Agências e centros administrativos. Só que não esta finalizado ainda. Abraços.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails