18 de jul de 2013

Morre o primeiro CCIE


Apesar de já fazer quase um mês do ocorrido, acho importante deixar registrado:

Stuart Biggs, que em 1993 liderou uma equipe que criou o programa Certified Internetwork Expert Cisco e foi o primeiro a ser premiado com um número CCIE, morreu aos 53 anos.

A notícia da morte de Biggs foi retransmitida pelo diretor de operações da Cisco Tony George em uma postagem no blog onde o próprio Biggs havia escrito no ano passado sobre as origens do programa CCIE. Esse post foi hospedado no site do blogueiro Brad Reese, que anteriormente escreveu para o Network World.

"É com grande tristeza que informo neste grupo que Stuart Biggs faleceu ontem ...(24/06/2013)", George escreveu na terça-feira. "Stuart fez inúmeras contribuições para a tecnologia que todos nós usamos todos os dias e como essa história descreve, a sua propagação para o mundo via transferência de conhecimento em várias formas." Biggs estava enfermo em sua casa na quinta-feira passada, de acordo com George. A nota obituária diz que ele era um residente de Marysville, Califórnia, e inclui o nome da agência funerária responsável pelos preparativos.

Aqui está um trecho do Post que Biggs escreveu no ano passado:

Um dos objetivos dessa equipe era criar um curso que iria focar sobre o domínio de produtos Cisco em um ambiente real. Queríamos preencher as lacunas que o curso da 3Com havia deixado. O exame escrito foi um adendo - apenas para definir uma barreira para admissão ao exame de laboratório. Antes que eu esqueça de mencionar este fato, o nome original do programa ia ser 'Cisco Top Gun' - mas como o filme de Tom Cruise famoso com o mesmo nome tinha acabado de sair, achamos que pode haver algumas questões legais no uso esse nome - por isso escolhemos 'Cisco Certified Expert Internet' - você pode ver a jaqueta equipe original (foto):


Criamos um laboratório - que era um pouco adhoc - mas combinou a tecnologia do início dos anos 90 - FDDI, Ethernet, talvez um pouco de X.25, bem como um ou dois protocolos de roteamento IBM SNA e, oh e eu não posso esquecer - Token Ring. Esses foram os ingredientes do dia.

Então criamos um exame escrito e usamos isso como um "filtro" para as pessoas que vão para o laboratório. A primeira pessoa fora da Cisco que passou na prova escrita era um cara chamado Terry Slattery. Ele é um cara muito legal, que até hoje ainda mantém sua certificação CCIE (# 1026). Eu fui o primeiro proctor de laboratório a mexer com os cabos, jumpers e toda sorte de coisas, a fim de quebrar a configuração do laboratório para Terry. Naquela época, era muito fácil de mexer com um cabo ou mexer com jumpers sobre as várias placas ou cartões de interface. Então eu desenhei uma rede em um quadro branco - bem como nos dias anteriores com Ford - a forma como a rede deve funcionar e sai da sala. Terry resolvia os problemas com bastante agilidade tornando-se assim o segundo CCIE do mundo - o primeiro fora da Cisco.

PS: A estória de Terry Slattery foi contada no ano passado aqui no NetFinders no link abaixo:

http://netfindersbrasil.blogspot.com.br/2012/04/curiosidades-quem-foi-o-primeiro-ccie.html

A Cisco anunciou o programa CCIE publicamente em 27 de setembro de 1993, em um comunicado de imprensa no qual John Chambers, CEO da empresa, mas, em seguida, um vice-presidente, foi citado:

"O Programa CCIE começa onde os programas de certificação de outros fornecedores terminam", disse Chambers. "Ele pode ser comparado a completar um curso universitário ao invés de apenas prestar o vestibular. Candidatos CCIE em perspectiva devem ser altamente qualificados apenas para entrar no programa, e então, depois de fazer um curso intensivo de solução de problemas, deve passar por um rigoroso teste de laboratório hands-on realizado pelos engenheiros seniores de suporte. Este conjunto de requisitos muito rigorosos garante que apenas os melhores profissionais são selecionados. "

Os idealizadores do programa CCIE optaram por iniciar seu sistema de numeração com 1024 (2 elevado à potência de 10), de acordo com Biggs, e esse número passou para uma placa no próprio laboratório . Biggs recebeu o número 1.025 em 19 de julho de 1993, e Slattery tem 1.026.

"Estou espantado com a forma como este programa tem crescido", Biggs escreveu no ano passado. "No próximo ano - 2013 será o 20 º ano deste programa - e as pessoas ainda ficam admiradas quando alguém diz que é um CCIE!"

Fonte: http://www.networkworld.com/community/blog/stuart-biggs-first-cisco-ccie-dies-age-53

Um comentário:

Sandro Leite Eduardo disse...

Excelente artigo Adilson.

abçs!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails