25 de jun de 2013

Trabalhando com múltiplos gateways


Se um host pode ter apenas um gateway padrão, por quê então o Sistema Operacional dele me permite configurar vários ???

Esta foi a dúvida que me foi colocada ontem durante uma aula, onde um rapaz me mostrou esta tela de configurações do Windows onde pode-se definir múltiplos gateways para cada ide conectada.

A resposta: é possível apenas ter um único gateway padrão ATIVO em um host, mas podemos configurar várias opções para que o mesmo escolha a melhor, baseado numa preferência (similar a distância administrativa que aprendemos nos roteadores Cisco) ou numa métrica (na figura acima, vemos que é possível definir uma métrica manual para cada gateway padrão configurado).

Mas e se configurarmos 2 gateways padrão com métrica e preferência exatamente iguais ? Teremos balanceamento de Carga ?

Depende da implementação do Sistema Operacional. No caso do Windows, parece que ele simplesmente primeiro gateway da lista e só usa o próximo na falta do primeiro.

Não vejo isto no entanto como uma alternativa ao uso dos protocolos de redundância de primeiro salto, como HSRP, VRRP e GLBP, onde temos um IP e MAC virtual que responde o tempo todo ao host.

No caso de falha do gateway, usando um destes protocolos a falha é transparente para o host, ele nem sabe que houve troca de roteador físico pois enxerga apenas o gateway virtual.

Ter vários gateways estáticos causará indisponibilidade para os hosts até que a troca seja efetivada pelo S.O. dos dispositivos finais.

Para saber mais de redundância de primeiro salto, clique aqui !

Have Fun !!!

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails