17 de nov de 2009

Lula recebe proposta para plano nacional de banda larga dia 24

SÃO PAULO, 16 de novembro (Reuters) - O presidente Luis Inácio Lula da Silva recebe até dia 24 deste mês esboço de um projeto para ampliar o acesso à Internet em alta velocidade no país, afirmou o coordenador de inclusão digital da Presidência, Cezar Alvarez.

"O Estado será regulador do serviço porque esse é um dever, e o governo quer fazer esse papel de regulador para tornar a banda larga acessível a diferentes camadas da população", afirmou Alvarez durante evento em Brasília, segundo a Agência Brasil.

No final de outubro, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, afirmou à Reuters que o plano nacional de banda larga terá necessidade de investimentos de 10 bilhões de reais numa primeira etapa. Segundo ele, o governo está trabalhando para promover licitações de frequências de acesso rápido à Web no primeiro trimestre de 2010.

O ministro afirmou na ocasião que o governo pretende oferecer frequência usada para banda larga com tecnologia WiMAX.

Presente no mesmo evento que Alvarez, o presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Ronaldo Sardenberg, afirmou que o governo tem expectativa do país ampliar o número de acessos à Internet rápida para 165 milhões até 2018. Atualmente, segundo ele, existem atualmente 15 milhões de acessos no país.

Sardenberg afirmou que a previsão de investimentos para o setor é de 250 bilhões de reais até 2018 e será necessário incentivar concorrência entre as empresas fornecedoras do serviço. De acordo com ele, o setor responde atualmente por mais de 6 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro.

"Não podemos nos conformar com um hiato digital no país, com serviços de telecomunicações muito avançados em determinadas regiões e muito atrasados em outras", disse Sardenberg, segundo a Agência Brasil.

Atualmente, a oferta de banda larga está concentrada no Sudeste, sendo oferecida por empresas de TV a cabo e operadoras de telefonia.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Referência:

http://tecnologia.uol.com.br/ultnot/reuters/2009/11/16/ult3949u6994.jhtm

3 comentários:

Claudevan Gimenes de disse...

Interessante o governo estar disposto a adotar um sistema de banda larga Nacional, porém vc acredita que WiMax é o caminho?

Adilson Florentino disse...

Claudevan,

Estava conversando via e-mail com o Danilo hoje justamente sobre este Post, veja o que ele comentou:

" A Samsung fez uma demonstração das capacidades da rede de quarta geração, uma tecnologia que a companhia conseguiu fazer funcionar recentemente e que poderá criar problemas a Intel e o seu WiMAX.

A empresa apresentou uma de suas primeiras implementações desta tecnologia fazendo a conexão dentro de um ônibus que circulava a 60 kilômetros por hora, no interior do qual foi possível fazer uma transmissão de dados com uma taxa de 100 Mbps entre o transmissor e os receptores móveis. Esta velocidade é 50 vezes superior a oferecida pelas atuais redes WiMAX.

Será que não seria a ideia de fazer um estudo para tentar viabilizar esta tecnologia? "

Fonte: Danilo Rafael Elvedosa


Eu creio que há razões politicas e econômicas para se adotar o Wimax.

Abs,

Danilo R. Elvedosa disse...

Claudevan, eu tenho que o caminho não seja realmente o WiMax, não sei, mas um passarinho me disse que um dos detentores da tecnologia do WiMax é a Cisco justamente com a Motorola e Ericsson, eu vou tentar investigar isto, o passarinho disse que para as empresas é mais interessante investir no 4g.

Vamos lembrar que teremos copa do mundo e agora Olimpiadas, mais tudo bem exite um baita tempo, mais vamos prestar atenção, principalmente para o COB, faz parte do plano básico a cobertura do RJ todo com WiMax.

Sem dúvida em 201X teremos coisas boas pela frente, seja legado ou não, na verdade vai ser muita novidade para nós!

Abraços!!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails