30 de abr de 2010

"Não vendemos Caixas, vendemos Performance!" - John Chambers

Olá pessoal? Essa frase criou um grande impacto na impressa especializada, John Chambers, Ceo da Cisco System em declaração nessa Quinta-feira (29/4) no encerramento do evenco Cisco Partner Summit 2010 em San Francisco nos EUA.

A grande novidade nesse evento direcionou seus canais de vendas para oferta no modelo de arquitetura de negócios, no lugar de produtos e soluções. Em uma conduta ética, preferiu não comentar sobre os concorrentes diretos, principalmente HP com a compra da 3Com e o anuncio nessa quarta-feira da aquisição da Palm, onde a HP acaba de entrar de cabeça no mercado de mobilidade, mas declarou que a Cisco sempre observou a concorrência como um Plus. "Não focamos nas transformações que estão acontecendo, em transições do mercado", disse John Chambers, e ainda declarou. "Não vendemos caixas, vendemos a próxima geração da rede."

O foco da Cisco nesse evento ficou em plataformas voltadas aos segmentos de colaboração, computação em nuvem, data center e virtualização e até mesmo vídeo, além de demonstrar infraestrutura para cidades inteligentes e sobre esse último assunto, Chambers fala ainda em transformar paises com projetos de infraestrutura nacionais em conjuntos com FCC ( Federal Communication Comission) para banda larga. Em entrevista a revista Computerworld, disse que o Brasil, China, Índia e México são os próximos mercados para a área de infraestrutura de banda larga.

2 comentários:

Sandro Leite Eduardo disse...

Muito bom Danilo.
Interessante como o John Chambers meio que ignorou a concorrênia nesta apresentação.
Mas se prestarmos atenção, ele não fez só isso... Parece que ele está usando as lições de W. Chan Kim e Renée Mauborgne, autores de um livro que eu acho muito legal, chamado "A ESTRATÉGIA DO OCEANO AZUL", os autores dizem que as empresas que criam novos nichos, fazendo da concorrência um fator irrelevante, encontram um outro caminho para o crescimento...
Não é bem isso que Chambers quer dizer com "Não vendemos caixas, vendemos a próxima geração da rede."
Isso é só pra quem pode! rsrs

Um abraço,
Sandro Leite.

Danilo R. Elvedosa disse...

Sem sombra de dúvida Sandro! Nós sabemos que a Cisco tem uma concorrencia feroz, só que lembramos que ela acima de tudo é desenvolvedora de tecnologia e grande parte das tecnologias operacionais hoje estão no mercado graças os lab`s de desenvolvimento da Cisco. Todos nós sabemos que é muito caro investir em desenvolvimento e retorno de tudo isso não é imediato. Isso não é uma visão de um Cisquento como eu sou (Ricardo/Fabiano), eu acredito tenho a certeza que todos tem o espaço, porém desenvolver a nova geração não é para todos. Que venha essas novas tecnologias que acima de tudo para o ajude o desenvolvimento humano pelo mundo e como os Slogan da Cisco.

"Welcome to human network."

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails