11 de fev de 2010

Emendas de Cabo UTP

Mais um post pra colocar um pouco de noção na cabecinha das pessoas.

Eu realmente quero acreditar que não conheço ninguém que já tenha feito isso. Mas se eu conheço e não sei, por favor, que continue assim. Essa é uma das lições importantes que eu aprendi com o filme "Cemitério Maldito", onde o velho dizia que "Tem coisa que é melhor não saber.".

Bom... não me lembro exatamente como o assunto ressurgiu mas...

Emendas de cabo não devem existir em uma rede. Nem aquelas "bem feitinhas" porque elas comprometem o desempenho. Se uma emenda for realmente necessária, deve ser feita em caráter emergencial e o cabo deve ser substituido o mais rápido possível.

Se as "bem feitinhas" não devem permanecer nas instalações por muito tempo, acho que eu não preciso falar nada das "outras", né?

Essa aqui foi tirada da rede de uma empresa pelo meu marido. Ele me deu de presente, primeiro pra me torturar, e segundo pra eu usar nas minhas aulas de Cabeamento Estruturado e CCNA do Senac. Eu cuido dela com muito carinho porque a uso até hoje. E tem que ter carinho mesmo, senão...

Essa outra aqui eu vi há pouco tempo no blog Diário de Infra. O escritor do blog a chamou de emenda Bola de Fogo. Acho bem conveniente! Pensei até em dar um nome pra minha também, mas não consegui pensar em nada criativo.

De qualquer forma, são exemplos PERFEITOS de coisas que fazem a rede se comportar de maneira que ninguém entende até o infeliz que fez a emenda confessar.

Cabos UTP têm um motivo para serem trançados e têm um motivo para alcançarem as distâncias que alcançam. É Física pura e simples. Nem precisa fazer faculdade pra entender isso. A gente aprende os motivos pra essas coisas todas no segundo grau (campos magnéticos, correntes elétricas, indução, resistência, condução....................).

Bem... é triste pra mim lembrar que sou certificada Furukawa (já deve ter vencido mas, de qualquer forma, no mínimo, já fui certificada) porque até eu consigo perceber que é nerdisse demais... Além disso, estudei um bocado de Física pra prova de admissão no mestrado em Astrofísica do INPE... bem... anyway... como já foi e não tem mais como voltar atrás... Se vocês quiserem eu explico tooooda a Física envolvida num cabo UTP pra vocês, mas, na boa, não é tão difícil entender que as aberrações das fotinhos devem ser proibidas numa instalação de gente grande, né?

E se algum ex-aluno meu, um dia fizer alguma coisa parecida com isso, saiba que você será amaldiçoado pelo resto da sua vida. Aquelas maldições bem punks mesmo! Que não vai ter "ritual de ano novo" que tire, ok?

Pronto... desabafei. Até a próxima, pessoas.

5 comentários:

Mauro disse...

A coisa da maldição, foi o que me chamou mais atenção em todo artigo. Talvez pelo fato de não esperar uma maldição vindo de uma criatura tão meiga e doce como Thais, revendo conceitos. Mas vamos ao nome para seu gracioso presente(apenas nerd pra chamar um pedaço de cabo embolado de presente), minha sugestão é "Gato embolado", no rítimo do funk carioca assim como "Bola de fogo", assim não lembramos do que tal desleixo pode causar.

Adilson Florentino disse...

E eu que pensei que já havia visto de tudo em termos de Cabeamento DESESTRUTURADO !

A emenda "Bola de Fogo" é realmente uma solução inovadora. Se o pessoal da Furukawa ver isto, é capaz de comercializarem, como fizeram com o conector Y ... rs rs rs

Piadas sem graça a parte, cabeamento é o elemento da rede que tende a permanecer por mais tempo na empresa. Qual a vida útil de um Servidor ??? 4 ou 5 anos ??? Creio que não muito mais que isso. E o cabeamento ??? Pode tranquilamente ficar por décadas causando problemas sérios de performance.

glaucio01 disse...

Trabalho na area de informatica a quase 9 anos, fui atender um cliente, e quando constatei q da entrada da casa dele ate a localização do computador tinha 3 emendas no cabo de rede, mas isso sem a emenda correta, que ja e nao e aconcelhada.
Os tecnicos(pelo menos chamo esses caras de puxadores de cabo) fizeram a emenda como se fosse um fio de energia, apenas enrolaram as pontas e isolaram com fita isolante.
E tudo isso num provedor de internet, pelo menos se diz provedor, porque a net ja fica lenta e ainda com uma perda enorme de sinal com mais o risco de oxidação dos cabos por causa que o cabo fica exposto ao tempo.

RODRIGO LUIZ disse...

hehehehehhehe....

ACHO QUE ESSE ARTIGO É UMA VERDADEIRA TERNURA DE GAMBIARRAS, DEVERIAMOS MONTAR UM MUSEO PARA FICAR OBSERVANDO AS GROCERIAS EFETUADAS PELOS "TÉCNICOS" MAS AGRADEÇO DESDE JA.....

Rogério Barbosa disse...

Quem nunca fez uma emenda num cabo de rede? é errado? é sim! mas fazer uma emenda para não parar o serviço é "necessário". o que não pode acontecer é deixar ir "funcionando"... kkkkk

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails